• Gabriela Braun

Você domina ou é dominado pelo Celular?

Há um tempo publiquei um post aqui falando sobre a SPA – Síndrome do Pensamento Acelerado e suas consequências no comportamento das crianças e adolescentes. Trouxe este vídeo do @murilogun porque ele aborda a nossa relação com o celular, um dos maiores responsáveis pela SPA. Um dos grandes desafios que os pais apontam quando me procuram é sobre a relação que os filhos tem com a tecnologia, mas especificamente o tempo que dedicam ao aparelho celular. Muitas vezes, crianças menores de dois anos já dominam o uso dos celulares (a Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda que antes dos 2 anos de idade o tempo de tela seja zero). Considerando que o uso excessivo de aparelhos eletrônicos traz diversas consequências, não apenas comportamentais – deixar de fazer a lição de casa, não interagir com outras pessoas, entre outros – mas também físicos – problemas de visão, dor de cabeça, ansiedade, sono não reparador – precisamos refletir sobre qual relação nós adultos – mães e pais – estabelecemos com o celular.


Não adianta exigir que seu filho fique menos tempo no celular se você não consegue ficar longe do seu. Você é o exemplo. Quando as mães me falam sobre o tempo do filho na frente das tecnologias a minha resposta vem em forma de pergunta: Quanto tempo você fica “conectada”? Como dizia a minha avó, “antes de apontar o dedo pra frente, olhe pra você.” Murilo teve uma abordagem Fod@ nesse vídeo.

Me deixa saber se você concorda?


6 visualizações

(51) 98179-3735

©2019 by Maternidade Além do Infinito.