• Gabriela Braun

Uma mãe cansada não está cansada de ser mãe.

Esse final de semana eu conversava com uma amiga sobre a quantidade de horas de sono necessárias para me sentir desancada. Hoje, eu durmo, em geral, em torno de 6 a 7 horas por noite e me sinto bem. Mas nem sempre foi assim. Demorei um pouco para conseguir ajustar essa rotina. Os primeiros anos da maternidade foram os mais exaustivos. Não era apenas um cansaço físico, era também um cansaço mental. Porque, de fato, eu queria fazer muitas coisas que já fazia antes de ser mãe e ainda tinha as demandas de uma criança para dar conta.

Por experiência, afirmo que o cansaço mental é muito mais exaustivo é desesperador do que o cansaço físico.

De onde vem o cansaço mental? De todas as incertezas que a maternidade nos traz, dos julgamentos externos que decidimos acolher, dos medos que passamos a experimentar, da ansiedade por não saber se um dia teremos uma vida “normal” novamente.


Eu cheguei em um momento da minha maternidade em que precisei pedir ajuda, porque o cansaço foi além do querer conseguis suportar. E não foi apenas ajuda física, para as demandas rotineiras, que pedi. Foi também uma ajuda para lidar com minhas demandas mentais. E sabe o que eu descobri quando recebi essa ajuda? Que eu não deixaria de ser uma boa mãe pedindo ajuda. Meu maior medo era: vão achar que eu não dou conta. E eu preciso dar conta! Até que alguém me disse: à m.... com tudo isso. Quem é você? O que você precisa para estar bem? Por onde vamos começar? Perguntas simples, mas que me libertaram de tal forma que, mesmo dormindo 3 horas por noite em alguns momentos, eu não me desesperei. Porque entendi que a forma como eu olhava para o que acontecia comigo fazia toda diferença.

Isso mudou minha vida de tal forma, que hoje estou aqui, fazendo exatamente o que alguém fez por mim um dia. Não existe maternidade perfeita. Existe maternidade real, que pode ser pesada ou leve, depende de como você decide olhar. Separe o que você sente de quem você é. Sente cansaço? Isso não quer dizer que você cansou de ser mãe. Meu maior sonho é que toda mãe possa encontrar na sua jornada alguém que lhe ajude da forma como eu fui ajudada.

0 visualização

(51) 98179-3735

©2019 by Maternidade Além do Infinito.