• Gabriela Braun

SPA, você já ouviu falar?


Não, não estou falando de um lugar aonde você vai para relaxar. A Síndrome do Pensamento Acelerado – SPA – foi descoberta por Augusto Cury, psiquiatra e escritor de vários livros. Muito confundida com o transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) devido aos sintomas ser semelhantes, a SPA é um conceito relativamente novo.


E quais os sintomas da síndrome do pensamento acelerado? Cansaço agudo sem motivo aparente, dificuldade de concentração e atenção, esquecimento frequente e irritabilidade. Junte a isso um sono de má qualidade devido a dificuldade em desacelerar os pensamentos e relaxar o corpo e a mente.

Sabe aquele ditado: “Quando a mente sofre, o corpo padece”? Se a sua mente está confusa e cansada, o corpo começa a padecer apresentando sintomas como a dor de cabeça, dor de estômago, dor muscular sem ter feito exercícios que justifique.




Mais comum em crianças e adolescentes, a SPA é causada pelo excesso de informações que são fornecidas ao cérebro. Com a disseminação desmedia de tablets, smartphones, programas de televisão e videogames o acesso à informação ficou muito mais fácil. No entanto, se não filtramos a quantidade de dados que “ingerimos” por dia, nosso cérebro acaba não dando conta de processar tudo, ficando estressado. E com o cérebro estressado passamos a gastar mais energia do que deveríamos e deixamos de desenvolver outras funções como a paciência, resiliência, empatia, tolerância e, até mesmo, nossa criatividade, pois nos condicionamos a receber informações prontas e nos tornamos “preguiçosos” para pensar em soluções criativas.


Portanto, manter-se conectado à internet sem restrição de tempo, mais a rotina tradicional que nossos filhos vivem – escola, trabalhos escolares, tarefas domésticas – acaba sobrecarregando-os gerando ansiedade e inquietação profunda. Tudo isso lhe parece familiar? A SPA está muito presente nos lares das famílias modernas.


E como superar essa síndrome? É preciso haver uma mudança de hábitos. Controlar o tempo que as crianças e adolescentes acessam a internet e jogos eletrônicos é essencial. Evite que seu filho acesse à internet pelo menos uma hora antes de dormir e que tenha hábitos de usar o telefone, pelo menos, 15 minutos depois de acordar. Além disso, controle as longas exposições a estes equipamentos que acabam por trazer diversos transtornos físicos, como irritação nos olhos, problemas de coluna e dores de cabeça.


O advento da internet e a expansão da tecnologia na palma da mão, nos fez evoluir muito nos últimos anos. No entanto, precisamos aprender a lidar com essas ferramentas a fim de não sermos controlados por elas. E isso é possível através da mudança de hábitos... Eu posso te ajudar com isso, topa?


Um pequeno passo a cada dia e você já não esta mais no mesmo lugar. Eu posso te ajudar com isso, topa?


49 visualizações

(51) 98179-3735

©2019 by Maternidade Além do Infinito.